Os cogumelos alucinógenos, conhecidos por suas propriedades psicodélicas, têm sido usados ​​ao longo da história por diversas culturas para explorar estados alterados de consciência e para fins terapêuticos. Recentemente, uma pesquisa científica lançou luz sobre o potencial terapêutico desses fungos, abrindo caminho para uma nova era na psicoterapia. Neste artigo, exploraremos a jornada dos cogumelos alucinógenos, desde suas propriedades alucinatórias até seu uso promissor como terapia psicodélica.


psilocybe cubensis 10g


Os Fundamentos dos Cogumelos Alucinógenos

Os cogumelos alucinógenos, como o Psilocybe cubensis e o Psilocybe semilanceata, contêm compostos psicoativos, como a psilocibina e a psilocina, que afetam a mente e a percepção. Quando ingeridos, esses compostos podem induzir alucinações, mudanças de humor e insights profundos.


ler+A Arte de Ser Focado: Conquiste seus Objetivos


O Renascimento Psicodélico

Após décadas de estigmatização, os psicodélicos estão passando por um renascimento na pesquisa científica. Estudos clínicos exploraram o uso terapêutico de cogumelos alucinógenos no tratamento da depressão, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), ansiedade e vícios.



Como Funciona a Terapia com Cogumelos Alucinógenos

A terapia psicodélica com cogumelos alucinógenos envolve sessões cuidadosamente supervisionadas por terapeutas diferentes. Durante essas sessões, os pacientes são encorajados a explorar seus pensamentos, emoções e memórias em um estado de consciência alterado. Isso pode levar a insights profundos e à resolução de traumas passados.


cogumelos mágicos


Benefícios Potenciais

Redução da depressão e ansiedade: Estudos demonstraram que uma única dose de cogumelos alucinógenos pode aliviar sintomas depressivos e ansiosos por semanas ou meses.

Tratamento do TEPT: Pacientes com TEPT relatando melhorias significativas em seus sintomas após a terapia com cogumelos alucinógenos.

Vícios e Dependências: Há evidências que mostram que os psicodélicos podem ajudar no tratamento de vícios, incluindo o alcoolismo e o tabagismo.



Conclusão

Os cogumelos alucinógenos, uma vez estigmatizados, estão emergindo como uma ferramenta terapêutica promissora. No entanto, é importante lembrar que o uso dessas substâncias deve ser supervisionado por profissionais de saúde específicos e em um ambiente controlado. Embora as pesquisas sejam animadoras, mais estudos são necessários para compreender completamente os benefícios e os riscos associados a essa forma de terapia.


cubensis 10g


Dicas Finais

Nunca faça uso de cogumelos alucinógenos sem orientação de um terapeuta ou médico qualificado.

Esteja preparado para abordar questões emocionais profundas durante a terapia.

Mantenha um ambiente seguro e tranquilo durante a experiência.

Respeite as leis locais e evite atividades perigosas durante o uso.



Referências

Griffiths, RR, et al. (2016). "A psilocibina produz reduções substanciais e sustentadas na depressão e ansiedade em pacientes com câncer com risco de vida: um ensaio duplo-cego randomizado." Jornal de Psicofarmacologia, 30(12), 1181-1197.

Carhart-Harris, RL, et al. (2018). "Psilocibina com apoio psicológico para depressão resistente ao tratamento: um estudo de viabilidade aberto." The Lancet Psychiatry, 5(5), 392-402.

Johnson, MW, et al. (2014). "Estudo piloto da psilocibina agonista 5-HT2AR no tratamento da dependência do tabaco." Jornal de Psicofarmacologia, 28(11), 983-992.